Vivência conversa com os botos

1/4

Valor por pessoa:

R$ 70,00

R$90,00 c/transporte

(somente 5 vagas)

  • Data: 12/04/2020

  • Horário: 9h00 às 13h00

  • Localização: Sítio Cardoso - Ilha comprida (6km)

  • Distância: 6 km

  • Faixa etária: Livre

PROGRAMAÇÃO:

Caminhada pela trilha das bromélias, falas sobre o ecossistema de restinga e sobre o sistema estuarino lagunar de Cananéia, visita a Ponta da Trincheira e ao Sítio Cardoso, observação de botos na baía do Trapandé, uso de hidrofone p/ captar os sons emitidos pelos botos, falas sobre a ecologia e o comportamento dos animais na região, finalizando com uma conversa com pescador artesanal e demonstração de pesca de cerco-fixo.

 

Opcional refeição: R$ 30,00
Transporte até lá: veículo Ekoways até 5 paxs, acima de 5 caronas compartilhadas.

 

NÃO INCLUSO: Refeições no local.

Observação: Lembrando que para tornar o roteiro mais acessível para todos, não incluímos o transporte privativo. O transporte será por meio de carona consciente e compartilhada entre os interessados do passeio.

DESCRIÇÃO:

O ambiente costeiro e estuarino do Lagamar proporciona aos golfinhos o ambiente ideal para a procriação e criação dos filhotes. No Lagamar, há a proteção contra predadores e abundância de alimentos – peixes, lulas e camarões. De acordo com guias locais, a incidência de botos é tão grande na região que o espetáculo é garantido para quem navegar no Mar Pequeno. O Complexo Lagunar de Iguape-Paranaguá se constitui um dos maiores viveiros de peixes e crustáceos do Atlântico Sul.

Conheça a família caiçara do Sítio Cardoso; caminhe pela trilha das bromélias, aprendendo sobre o cerco de pesca, funcionamento e observação dos botos com hidrofone para escutar os botos cinza.

CONTATO

Dani do Sítio Cardoso

Ponta da Trincheira

Telefone: (015) 99741-8555